domingo, 13 de fevereiro de 2011

Auxiliares ajudam alunos com deficiência nas escolas de SP




Com o início das aulas na rede municipal de ensino de São Paulo nesta segunda-feira, a Secretaria Municipal de Educação informou que 409 auxiliares de vida escolar (AVE) iniciaram as atividades para auxiliar os alunos com deficiência física e autismo. A equipe integra o projeto Inclui, que tem por objetivo ampliar o atendimento às crianças e jovens com necessidades educacionais especiais.

De acordo com a secretaria, os profissionais vão apoiar os alunos que não têm autonomia para alimentar-se, fazer a própria higiene e locomover-se em decorrência de deficiência física ou autismo. Ainda no primeiro semestre, o número de auxiliares deve chegar a 500, segundo a secretaria.

A rede municipal de ensino também vai contar com mil estagiários de Pedagogia. Segundo a secretaria, eles vão auxiliar os professores em turmas que têm um ou mais alunos com necessidades educacionais especiais.

A capital paulista tem a maior rede municipal de ensino do País, com cerca de 3 mil escolas, onde estudam pelo menos 1,1 milhão de alunos.