quinta-feira, 22 de julho de 2010


ESTAMOS AJUDANDO NA DIVULGAÇÃO !

Só pais ou parentes próximos sabem quantos cuidados exige uma criança com Transtorno do Espectro Autista (TEA). O autismo – termo pelo qual o problema é mais conhecido – é um transtorno invasivo do desenvolvimento, ou seja, algo que faz parte da constituição do ser humano e afeta a sua evolução. Caracteriza-se por alterações na interação social, na comunicação e no comportamento.

Apresentei à Câmara o Projeto de Lei PL 492/09 que, entre outras ações, propõe a abertura de vagas nas instituições públicas municipais de saúde especializada para todos que dela necessitarem e a utilização de métodos pedagógicos mais adequados para o aprendizado dessas crianças.

A superintendente da AMA – Associação de Amigos do Autista, Ana Maria Serrajordia Ros de Mello, afirma que “a proposta deste projeto está de parabéns por ser uma iniciativa de apoio a uma causa que necessita mesmo de apoio, pois está ainda bastante desamparada. O autismo necessita de tratamento individualizado e especializado e, portanto, requer capacitação de profissionais e recursos financeiros. Isto faz com que existam poucas instituições privadas de atendimento ao autismo. Ultimamente, o governo tem dado passos que geraram importantes avanços”.

PARA MAIS INFORMAÇÕES:
http://www.antoniocarlosrodrigues.blog.br/um-projeto-para-melhorar-o-dificil-dia-a-dia-de-quem-tem-filho-autista/

Um comentário:

  1. completamente de acordo,autismo necessita de tratamento individualizado....afinal somos todos diferentes,e se tratando de um autista o melhor geito de alcança-lo é lhe dando toda a atenção necessaria..parabéns pelo projeto

    ResponderExcluir